A história do bairro Lauzane Paulista, um dos mais tradicionais da Zona Norte de São Paulo, é curiosa pela origem do nome. Nascido, oficialmente, em 23 de outubro de 1924, o bairro começou a se formar bem antes.

Por volta de 1870, o casal imigrante, o francês Pedro Gabone e a italiana Francisca Bocaccio, compraram uma grande fazenda localizada no distrito do Mandaqui. Aos poucos, essa fazenda foi sendo loteada em sítios, depois em chácaras, quando se iniciou, efetivamente, o bairro.

Um desses sítios, pertencia ao suíço Albert Savoy, nascido na cidade suíça de Lousanne. Os registros de 1917, dizem que as terras de Savoy (65 alqueires) iam desde a então Estrada do Bispo, hoje, Avenida Conselheiro Moreira de Barros, até a Avenida Parada Pinto.

Em 1924, Savoy vendeu suas terras à empresa Francisco Amaro e Cia. Em seguida, o dono dessa Cia., o Sr. Francisco Amaro, muito amigo de Savoy, fez uma homenagem ao amigo, batizando as terras de “Lauzane”, por também ser uma região montanhosa, bem semelhante à cidade suíça de mesmo nome.

Em seguida, Francisco Amaro vendeu suas terras para os donos da tecelagem São Carlos, os senhores Piero Roversi e José Gonçalves Carneiro. Coincidentemente, Roversi era de origem suíça e, com visão empresarial, iniciou o loteamento da região, surgindo, então, o bairro de Lauzane Paulista.

Com perfil predominantemente residencial, Lauzane está próximo à Serra da Cantareira e, por conta disso, tem um dos melhores climas da cidade.

Ainda em 1927, surge, em março, o Lausanne Futebol Clube, time de futebol de várzea que existe até hoje e com sede na Rua Maria Bandini Savoy, 172.

O bairro chegou a ter uma represa, em 1970, originada devido as explosões de uma pedreira de onde eram retirados os materiais para calçamento das ruas da cidade. Hoje, esse terreno é ocupado por um dos supermercados mais tradicionais da Zona Norte, o Tri-Mais (ex-BergaMais, ex-Bergamini), localizado na Av. Dr. Francisco Ranieri, 834.

A partir da década de 60, o bairro estrutura-se. Em 1969, é inaugurada a primeira linha de ônibus que liga o bairro ao centro da cidade, na Praça da República.

Em 1973, é inaugurada a primeira escola municipal do bairro, a EMEF Marcos Mélega, localizada na Rua Mont Blanc, 98.

Quem percorrer as ruas do Lauzane Paulista perceberá uma grande influência de nomes suíços, como por exemplo, as ruas Oberwill, Alberto Lohnhoff, Frauenfeld, Liestal, Geneve, Zurich ou a Av. Basileia.

Os empreendimentos imobiliários valorizaram-se sobremaneira de uns dez anos para cá, com a inauguração do Santana Parque Shopping, na Avenida Conselheiro Moreira de Barros, 2780.

Silvia Linhares

Historiadora, Arquivista e Produtora cultural


671ec733 e672 4a96 8b07 b365e880d0fd

Mais lidas